Categorias
Brasil

6 destinos para viajar a dois no Sul do Brasil

Qual o melhor programa que um casal pode fazer? Lógico que a resposta é viajar! Mas, você já pensou em viajar a dois no Sul do Brasil? Fugir da rotina e conhecer novos destinos é muito mais prazeroso ao lado da pessoa que se ama. E não precisa ir muito longe, o Brasil oferece diversos destinos incríveis para casais que querem fazer uma viagem inesquecível. Mas, com certeza a região Sul é o primeiro destino que vem à cabeça quando pensamos em viajar a dois.

Os pontos turísticos do Sul do Brasil tem um charme único, talvez seja pela grande influência europeia, mas são lugares que também possuem uma forte marca cultural. Vamos falar de destinos no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Desde os mais badalados para conhecer no verão, aos lugares que no inverno deixam tudo com um clima ainda mais romântico. Essa variedade faz com que a região seja uma das mais procuradas por casais apaixonados! Por isso, se você quer viajar a dois no Sul do Brasil não deixei de conferir esse post.

Nós preparamos 6 sugestões de destinos para você viajar a dois no Sul do Brasil da melhor forma e com a melhor companhia: a de quem você ama!


Ilha do Mel, Paraná

viajar a dois para ilha do mel

Famoso destino do estado do Paraná, a ilha tem 25 km e é uma área de preservação e é uma ótima pedida para quem busca viajar a dois no Sul do Brasil. Oferece lindas praias e um pôr do sol bem romântico. É um destino mais rústico, sendo a hospedagem em camping ou pousadas. Local ideal para casais que amam a natureza. É a sugestão perfeita para se desconectar da correria, com sossego e tranquilidade.


Gramado e Canela, Rio Grande do Sul

viajar a dois no Sul do Brasil

Não tem como falar sobre viajar a dois no Sul do Brasil sem lembrar de Gramado e suas incríveis belezas naturais e arquitetura em estilo colonial.
O destino tem gastronomia sofisticada, com restaurantes bem avaliados e vinícolas que merecem uma visita. Com certeza é o destino que todo casal já pensou em ir um dia.
Para conhecer mais sobre esse lugar, fizemos um post super legal, com mais informações!!! Dê uma olhada no nosso blog, clicando aqui.


Blumenau, Santa Catarina: ótima dica para viajar a dois no Sul do Brasil

Com características europeias e belezas naturais, Blumenau é uma cidade linda e charmosa. O destino é ótimo para viajar a dois no Sul do Brasil e possui excelentes restaurantes, hotéis e pousadas. Não deixe de visitar o Parque Vila Germânica, palco de grandes eventos, como Oktoberfest, Festival Brasileiro da Cerveja e Magia de Natal, além de ser recheada de souvenirs, gastronomia típica, cervejas artesanais e empórios durante todo o ano.


Morretes, Paraná

Morretes está a somente 70km de Curitiba e reúne características para uma viagem encantadora, junto do seu par. São casarões coloniais, mata atlântica preservada e uma gastronomia muito elogiada. Vá para lá, pegando o trem que sai de Curitiba! É uma atração à parte, que passa por paisagens deslumbrantes! Esse percurso é conhecido como o caminho Estrada da Graciosa. Nós fizemos um post bem legal sobre este trajeto! Clique aqui e confira mais detalhes. Na cidade, não deixe de visitar o Parque Estadual do Marumbi, a igreja Matriz de Nossa Senhora do Porto e degustar o prato típico da região: o barreado, feito de uma carne bovina cozida até quase desmanchar!


Cambará do Sul, Rio Grande do Sul

Localizada na Serra Gaúcha, a cidade é ideal para viajar a dois no Sul do Brasil e curtir atividades ao ar livre, relaxar em meio a áreas de mata nativa e admirar as belezas naturais, tais como os famosos cânions do Itaimbezinho e Fortaleza. É um dos locais com as temperaturas mais baixas do estado e até do Brasil. Perfeito para se aquecer junto à pessoa amada, não?


Bombinhas, Santa Catarina

Bombinhas tem opções que vão desde praias desertas até uma vida noturna agitada. Não deixe de fazer o Safari de Bombinhas, um tour que explora vários lugares da cidade e algumas ilhas, e o Mergulho na Praia da Sepultura, onde o mar cristalino permite visibilidade perfeita, sendo um dos melhores pontos de mergulho do Brasil.


Dicas Importantes para viajar a dois no Sul do Brasil

• Escolha um destino que seja interessante para os dois;

• Divida o que for possível: Planejamento, tarefas, experiências novas, momentos legais e também os perrengues!

• Lembre-se que o maior objetivo da viagem é apreciar a presença um do outro. Por isso, seja tolerante, paciente e transmita sempre o amor.

• Registrar a viagem com fotos e vídeos é sempre importante. Mas, não se esqueçam de viver o momento!        


Qual a melhor época para viajar a dois?

Vai depender muito do destino que vocês têm em mente. Se a intenção é ir para a praia, por exemplo, deve-se planejar o roteiro fora dos meses de inverno. Cheque sempre o clima para saber quais são as atrações locais mais adequadas. Lembre-se também dos períodos de alta temporada. Nessa época, geralmente os atrativos ficam mais cheios e os valores mais altos. Demos as dicas, agora é com vocês! A única certeza que temos é que não importa o destino, a próxima viagem certamente será a melhor que vocês terão!!!!!

Categorias
Brasil

O que fazer em Foz do Iguaçu?

Foz do Iguaçu, no estado do Paraná, é dono de belezas únicas e reconhecidas no mundo todo. Você está planejando uma viagem para este paraíso e quer saber o que fazer em Foz do Iguaçu?

A diversidade que a cidade abriga é de encantar turistas. Há uma harmonia de culturas, crenças, costumes e tradições. Juntamente com Paraguai (Ciudad Del Este) e Argentina (cidade de Puerto Iguazu), as três fronteiras oferecem um conjunto de atrações e curiosidades que agradam todos os perfis de viajantes.

O ideal, para quem busca saber o que fazer em Foz do Iguaçu, é separar pelo menos três dias inteiros, para realizar o destino. Consulte nossa equipe, para montarmos seu roteiro da melhor maneira!


Destinos para quem saber o que fazer em Foz do Iguaçu

Veja os principais atrativos da região, para que possa programar a viagem  a um destino tão atraente.


1 – Cataratas do Iguaçu:

Não tem como buscar sobre o que fazer em Foz do Iguaçu e não se deparar com as Cataratas do Iguaçu. Além de um lindo atrativo, são o centro de um grande parque natural, com uma rica fauna e flora para apreciar, que se estende por dois países: Brasil e Argentina. É o maior conjunto de quedas de água, em extensão, do mundo. É visitada por milhões de turistas todo ano, sendo uma das Novas Sete Maravilhas da Natureza.  


2 – Usina Hidrelétrica de Itaipu

 A Itaipu é a maior usina hidrelétrica do mundo em produção de energia e uma das maiores obras feitas pelo homem. A usina é aberta à visitação e oferece diferentes passeios. Tá ai, então, uma ótima pedida para quem está buscando o que fazer em Foz do Iguaçu.


3 – Parque das Aves

 O Parque das Aves é a única instituição do mundo focada na conservação das aves da Mata Atlântica. Oferece uma experiência de contato próximo, imersivo e encantador.


4 – Complexo Dreams Park Show Foz do Iguaçu

O que fazer em foz do iguaçu

Complexo formado por diversas atrações, tais como: Vale dos Dinossauros, Museu de Cera, Maravilhas do Mundo (réplicas em miniatura), Dreams Ice Bar (Bar de gelo), Dreams Motor Show (espaço criado para os amantes de Harley-Davidson) e Super Carros (permite pilotar carros estilosos, em um circuito de 12 km).


5 – Marco das Três fronteiras

O que fazer em foz do iguaçu

Marcando a tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina, o atrativo é uma área que contém o famoso obelisco, que ganhou um show de luzes e água; praças; restaurante; lanchonete; loja de presentes e um mirante belíssimo!


6 – Templo Budista Chen Tien

Localizado em uma região privilegiada, às margens do Rio Paraná, com vista para parte do centro da cidade de Foz do Iguaçu e para a Ciudad Del Este, no Paraguai. O Templo é o segundo maior da América Latina e abriga um importante centro de estudos e meditação budistas. Possui jardins bem cuidados, assim como a coleção de mais de 120 estátuas coloridas espalhadas por eles.

Saiba mais sobre o que fazer em Foz do Iguaçu

Não fique quebrando a cabeça com a sensação de estar esquecendo algum destino importante e com lindas paisagens. Se você quer encontrar tudo sobre o que fazer em Foz do Iguaçu, conte com quem é eficiente e está sempre compatível com a viagem que você planeja, fale com a gente!

Categorias
Brasil

O que fazer em Gramado? Veja dicas

O que fazer em Gramado? Veja dicas

Você está buscando saber o que fazer em Gramado? Quer viajar e conhecer um lugar incrível?

Gramado é um município do estado do Rio Grande do Sul, localizado na Serra Gaúcha, a cerca de 130km de Porto Alegre. É um destino para pessoas de todas as idades, com atrações variadas, bons hotéis e excelentes restaurantes.

A cidade e toda a região oferecem paisagens belíssimas dentro e fora do centro urbano e é considerada um dos melhores destinos turísticos do Brasil.

Influenciada pelos colonos alemães do século XIX, a cidade possui um toque bávaro com chalés alpinos, chocolateiros e lojas de artesanato. Gramado é também conhecida pelas suas exibições e eventos, como o Festival de Cinema, programação de Páscoa e Natal Luz, além das hortênsias em flor, na primavera. Afinal, o que fazer em Gramado?

 

Principais atrativos de Gramado

1 – Rua Coberta: Localizada no coração da cidade, a rua é bem decorada e movimentada. Conta com diversos restaurantes e lojinhas, além de eventos frequentes. Tá ai uma ótima pedida para você que está querendo descobrir o que fazer em Gramado.

Lugares para conhecer em Gramado

2 – Lago Negro: O Lago Negro é um lago artificial, cercado por árvores e arbustos de hortênsias. Por toda sua margem existe um passeio florido, podendo-se andar a pé. Porém, a maior atração fica por conta dos pedalinhos, que dão ao lago um alegre e movimentado colorido.

Lugares para conhecer em Gramado

3 – Mini mundo: O Minimundo é um lugar que você precisa conhecer se está buscando saber o que fazer em Gramado. Trata-se de um parque ao ar livre formado por réplicas fiéis de prédios de várias partes do mundo, ricas em detalhes e únicas, baseadas em seus respectivos projetos originais. Juntas, elas constituem uma cidade em miniatura, animada por milhares de mini habitantes, onde tudo é 24 vezes menor do que a realidade. O parque conta com infraestrutura incluindo local para alimentação, lojas temáticas e espaço infantil.

4 – Centro da Cidade, passando pela Igreja São Pedro, Fonte do Amor Eterno, Rua Borges de Medeiros e Rua Torta.

5 – Gramado Zoo: Em funcionamento desde setembro de 2008, o Gramado Zoo traz um novo conceito para o segmento. Bem-estar animal, pesquisa, educação e conservação ambiental são os pilares que norteiam as atividades do empreendimento. Composto exclusivamente por animais da fauna brasileira, oferece uma experiência de proximidade com eles. No lugar das grades e jaulas, vidros blindados e enormes viveiros de imersão reproduzem com fidelidade o habitat das espécies.

6 – Snowland: O lugar funciona como um complexo de diversões fechado, em que o foco são atrações com neve. Ele é o primeiro parque de neve indoor na América Latina e possui uma “Montanha de Neve” artificial com pista para praticar esqui e Snowboard, descida de boia na neve, aluguel de moto na neve, além de um simulador 3D e pista de patinação. Atente-se que além da entrada, que é paga, muitas atrações são pagas à parte.

7- Quem visita Gramado não deve deixar de conhecer os atrativos da região também. Existem vários passeios que passam por ícones da Serra Gaúcha, como as cidades de Canela, Nova Petrópolis, Caxias do Sul e Bento Gonçalves.

8- Quem visita Gramado não deve deixar de conhecer os atrativos da região também. Existem vários passeios que passam por ícones da Serra Gaúcha, como as cidades de Canela, Nova Petrópolis, Caxias do Sul e Bento Gonçalves.   

Gostou das nossas dicas sobre o que fazer em Gramado? Continue sempre no nosso blog, pois trazemos diversos conteúdos com destinos e coisas para fazer e relaxar para uma viagem inesquecível.                                                                                                                                                                                                                                                                                                   

Categorias
Brasil

Viajar de carro pelo Brasil: conheça destinos

Viajar de carro pelo Brasil: conheça destinos

Viajar é conhecer outros lugares, outras culturas e outras realidades. Permite refletir sobre quem se é e se renovar. Viajar de carro pelo Brasil exige tempo, mas oferece independência para fazer os próprios horários e permite uma maior contemplação do trajeto. É a oportunidade de conhecer trechos inusitados e menos explorados.

A situação atual, com muitas fronteiras internacionais fechadas, pouca oferta de voos e inúmeras exigências de entrada nos países, levou muitos turistas a olharem para os destinos nacionais, com mais atenção.

O Brasil tem dezenas de roteiros cênicos em todas as regiões do país. São viagens que passam por praias, serras, montanha, cerrado, sertão, florestas e cidades históricas.

Quais os cuidados para viajar de carro pelo Brasil?


Porém, viajar de carro pelo Brasil requer alguns cuidados, por isso o planejamento é essencial. Segue alguns pontos a serem considerados:

  • Faça uma revisão do veículo, antes de partir, evitando-se assim, manutenções imprevistas;
  • Planilhe os gastos que terá com gasolina, pedágios e estacionamentos;
  • Pesquise bem o roteiro e as estradas;
  • Faça intervalos regulares para descansar e revesse com outro motorista. Para aproveitar o caminho, procure não rodar mais do que 600 km por dia;
  • Abuse dos aplicativos de localização, mas leve sempre um mapa impresso ou faça download do mapa no seu celular. Não é sempre que podemos contar com Internet e sinal;
  • Atente-se aos volumes que levará, para que não comprometam muito espaço dentro do veículo, atrapalhando assim o conforto da viagem;
  • Prefira roupas confortáveis, enquanto estiver no carro;
  • Leve lanchinhos rápidos dentro do veículo.

Se você quer fazer uma viagem de carro, está no lugar certo! Preparamos 06 roteiros para você colocar o pé na estrada e aproveitar!

ESTRADA REAL –  Minas Gerais e Rio de Janeiro


A Estrada Real é a maior rota turística do Brasil. É a rota utilizada desde o século XVII para escoamento de ouro e diamantes de Minas Gerais até o litoral. São mais de 1600 quilômetros de vias que passam por dezenas de cidades e povoados em Minas Gerais e Rio de Janeiro.

A rota possui quatro caminhos: Caminho Velho, Caminho Novo, Caminho dos Diamantes e Caminho Sabarabuçu.

Os caminhos do ouro começavam em Ouro Preto (na época Vila Rica). O primeiro caminho (Caminho Velho) desembocava em Paraty, posteriormente sendo alterado para uma rota que levava os valores até a capital do Rio de Janeiro, tornando-se esse o Caminho Novo. Posteriormente, a Estrada Real se estendeu até Diamantina, formando o Caminho dos Diamantes. Há trezentos anos, viajantes avistaram um brilho no topo da Serra da Piedade e imaginaram ser ouro. Para chegar lá, criaram uma via alternativa, que originou o Caminho Sabarabuçu.

É possível percorrer todos eles de carro, de moto, de bicicleta, a pé ou a cavalo. A maior parte do roteiro está concentrada no estado de Minas Gerais. Uma boa opção para viajar de carro pelo Brasil, né?

ESTRADA DA GRACIOSA –  Paraná


viajar de carro pelo Brasil

Outro destino incrível para viajar de carro pelo Brasil é a Estrada da Graciosa (PR-410), uma antiga trilha traçada pelos tropeiros para abrir um caminho entre o planalto e o litoral paranaense. O caminho tem apenas 33 quilômetros e parte dele foi declarado Reserva da Biosfera pela UNESCO.

Boa parte do percurso é formado por paralelepípedos, cercado pela exuberante Mata Atlântica. No período da floração das Hortênsias, de novembro a fevereiro, a Estrada da Graciosa fica ainda mais bonita. É cheia de riachos, cachoeiras, flores e possui também 6 Recantos que disponibilizam ao visitante lanches e produtos regionais.

A entrada principal fica localizada na saída número 59 da BR-116. Fica a cerca de 40 km da cidade de Curitiba. No final do trecho você desemboca na cidade histórica de Morretes, cortada pelo Rio Nhundiaquara.  A 20 minutos de Morretes está Antonina, posicionada de frente para uma linda baía e contornada por uma cadeia de montanhas da Serra do Mar. Se quiser ampliar a viagem, acrescente Paranaguá (via BR-277), a cidade mais antiga do estado, ou dê uma esticada à Ilha do Mel.

ROTA DAS EMOÇÕES – Ceará, Piauí e Maranhão


A Rota das Emoções foi criada pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) para estimular o turismo da região. São 650 quilômetros que atravessam três estados nordestinos: Ceará, Piauí e Maranhão. A rota passa por praias paradisíacas, dunas, lagoas e tem fauna e flora únicas. Alguns atrativos histórico-culturais da Rota das Emoções são Patrimônio da Humanidade.

O roteiro clássico começa em São Luis e termina em Fortaleza ou vice-versa. As principais bases do caminho são as cidades que ficam nos santuários como o Parque Nacional de Jericoacoara (CE), a Área de Proteção Ambiental do Delta do Parnaíba (PI) e o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (MA).

VALE EUROPEU – Santa Catarina


O Vale Europeu é uma região que foi colonizada principalmente por alemães e italianos, sendo que suas cidades preservam os traços culturais, que são refletidos na culinária, nas festas e na arquitetura. Sua rota turística é formada por 19 municípios, localizados bem próximos um dos outros.

As estradas que interligam os destinos do Vale Europeu revelam paisagens belíssimas com casinhas enxaimel, construções centenárias, capelas, engenhos, plantações de arroz, morros, pinheiros, araucárias e até cavernas.

A região – entrecortada por rios, riachos e cachoeiras – é uma das áreas com maior número de nascentes do Brasil. Os fissurados pela prática de esportes como rapel, canyoning e trekking encontram terreno fértil por aqui. Muitas fazendas abrem as porteiras para atividades de lazer como trilhas, cavalgadas e pescaria, além de oferecer mesa farta com café colonial e comida típica. Prepara tudo aí porque viajar de carro pelo Brasil será emocionante!

CIRCUITO DAS ÁGUAS PAULISTA – São Paulo


Localizado na Serra da Mantiqueira, o circuito é formado por nove cidades: Águas de Lindóia, Amparo, Holambra, Jaguariúna, Lindóia, Monte Alegre do Sul, Pedreira, Serra Negra e Socorro. Não é uma rota cênica, mas voltada para conhecer o que cada cidade oferece.

A região é conhecida por cachoeiras, com águas de excelente qualidade; fontes de águas minerais, com benefícios terapêuticos; comércio de malhas, couros, doces, queijos, vinhos, licores e aguardentes. Além disso, oferece diversas modalidades para os amantes de Turismo de Aventura.

ROTA DO VINHO – São Roque, São Paulo


O Roteiro do Vinho é formado pela Estrada do Vinho, Estrada dos Venâncios e Rodovia Quintino de Lima, com mais de 30 estabelecimentos como cantinas, adegas, vinícolas, restaurantes e áreas de lazer. Também é possível visitar as produções de alcachofras e hortaliças, trazidas pelos imigrantes europeus, que encontraram em São roque, um clima ideal para desenvolver as culturas.

Alguns pontos de paradas na Rota do Vinho são o centro gastronômico e de lazer Villa Don Patto, a Destilaria Stoliskoff, a Quinta do Olivardo (adega com produção própria e restaurante dedicado à culinária portuguesa, com ampla área verde), a visita guiada da Vinícola Canguera (que possui também um museu e restaurante), a Vinícola Góes (a maior do roteiro, com visita guiada paga), o casarão histórico da Vinícola Ferreira e Passero e as atividades da Vinícola Casa da Árvore como trilhas, tirolesa, arvorismo e pedalinho. Tá ai mais um destino para você viajar de carro pelo Brasil.

Categorias
Brasil

FERNANDO DE NORONHA

Fernando de Noronha é um arquipélago brasileiro, pertencente ao estado de Pernambuco. É formado por 21 ilhas, ocupando uma área total de 26 km², dos quais 17 km² são da ilha principal, que é a ilha aberta a turistas. Está localizada a nordeste do Brasil continental, distando 545 km de Recife e 360 km de Natal.

Conhecida pelo mar azul, o céu dourado no pôr do sol e o colorido dos corais e dos peixes, Noronha conta com praias eleitas as mais bonitas do Brasil. Além das praias, a ilha tem as melhores condições para prática de mergulho autônomo do país, com visibilidade horizontal de até 50 metros. É também palco de provas de surf, com ondas que chegam a 5 metros, nos meses de janeiro e fevereiro.

Famoso Pôr do Sol,  visto do Forte de São Pedro do Boldró

Para aproveitar o destino, você deve aderir a um clima mais despojado. Em quase todas as praias, não há estrutura de barracas e banheiros e para chegar a alguns atrativos é necessária uma caminhada por trilhas.

Para ingressar na ilha deve-se pagar a taxa de preservação ambiental (TPA). É uma taxa paga por dia e por pessoa. O valor pode ser pré-pago através do site http://www.noronha.pe.gov.br/turPreservacao.php ou localmente. Outra taxa mandatória é o ingresso ao parque nacional, que pode ser paga localmente.

Informações uteis:

•          Fuso horário: + 01 hora, baseando-se no horário de Brasília, exceto durante o horário de verão.

•          Como se locomover: Os passeios pré-reservados, geralmente contam com transporte. Para se deslocar por conta, pode-se locar um buggy.

•          Como chegar:

  1. Avião – Existem opções de voos saindo de Recife (01h20 de viagem) e Natal (55 minutos);
  2. Navio – É possível conhecer a ilha através de embarcações particulares ou cruzeiros que tenham parada na ilha.

Atrativos:

  • Praia do Atalaia

A região do Atalaia faz parte do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, uma área de proteção ambiental, que possui regras para visitação. O acesso só é permitido com o acompanhamento de um guia credenciado e é controlado pelo Instituto Chico Mendes. Feito o controle, você deve escolher como quer chegar à praia (trilha curta, cerca de 30 minutos de caminhada ou trilha longa, cerca de 04 horas). O passeio pode ser reservado em horários específicos, que é quando a maré está baixa e forma-se uma piscina natural na praia. O tempo de snorkling é contado e não é permitido o uso de filtro solar. Como a piscina é rasa, deve-se flutuar o tempo inteiro, evitando-se tocar o fundo ou os animais, por isso não se pode ficar em pé. É um berçário natural, repleta de filhotes de espécies marinhas.

  • Praia do Sancho

Rodeada por falésias e água cristalina, já foi eleita a praia mais bonita do Brasil diversas vezes. O acesso é feito por uma fenda, em uma rocha, que deve ser descida com cuidado. Antes da decida, não deixe de dar uma parada no mirante e contemple a vista da praia.

  • Praia da Baía dos Porcos

Pequena praia, famosa pelo Morro Dois Irmãos, tem piscinas naturais que se formam na maré baixa.  

  • Praia do Leão

É a principal praia de desova de tartarugas da ilha, por isso tome muito cuidado ao pôr os pés na areia. Para quem prefere uma praia isolada, pode ser a escolha ideal. 

  • Mergulho autônomo

Rica fauna marinha, águas mornas e ótima visibilidade fazem de Noronha um dos melhores pontos de mergulho do mundo. Mesmo para quem nunca mergulhou, a modalidade batismo é uma ótima oportunidade para vivenciar esta experiência.

Quer conhecer esse paraíso? Fale com nosso time de especialistas por Whatsapp, deixando sua mensagem aqui ou pelo e-mail falecom@vmzviagens.com.br

Categorias
Brasil

Jalapão – O que fazer

O Jalapão é uma região, localizada no Estado do Tocantins. O destino encanta por suas águas abundantes, chapadões e serras com clima de savana, além da paisagem de cerrado, com direito a dunas alaranjadas, rios encachoeirados, nascentes e impressionantes formações rochosas.

A maioria dos atrativos está localizada nas cidades de Mateiros, Novo Acordo, Ponte Alta do Tocantins e São Félix do Tocantins. Em meio a 34 mil km² de paisagem árida, a região é cortada por uma imensa teia de rios, riachos e ribeirões, todos de águas transparentes e potáveis.

Entre os atrativos mais procurados estão a Cachoeira da Velha, uma enorme queda d’água em forma de ferradura de aproximadamente 100 metros de largura e 15 metros de altura; as Dunas, cartão postal do Jalapão, composto por areias finas e alaranjadas que chegam a 40 metros de altura; os Povoados do Mumbuca e Prata, comunidades remanescentes de quilombos, cuja visitação possibilita ao turista vivenciar a cultura local; a Serra do Espirito Santo, formação rochosa onde é possível apreciar a flora da região; a Cachoeira do Formiga, uma encantadora nascente de água verde-esmeralda; e os Fervedouros, com suas águas transparentes, nas quais é impossível afundar.

A região é remota. Existe dificuldade de acesso à Internet e nem sempre o GPS funciona. As estradas, de terra, têm acesso difícil e são pouco sinalizadas. Há também o risco de animais selvagens. Essas características fazem a alegria dos aventureiros e amantes de ecoturismo. Mas, é por isso, que o ideal é explorá-la com um guia especializado e com o meio de transporte adequado.

Pedra Furada
Fervedouro

Os roteiros geralmente começam e terminam em Palmas, capital do Estado. Recomenda- se reservar pelo menos uma noite antes e uma depois do tour nesta cidade. As praias Graciosa, do Prata e dos Arnos, às margens do Lago, são os principais cartões-postais e valem uma visita.

Jalapão com a VMZ Viagens

Existem programas que fazem todo o trajeto, saindo de Palmas, a partir de um acampamento base, onde o viajante vai até o atrativo e volta ao acampamento diariamente, em veículo 4×4. Existem, também, circuitos onde o turista pernoita em locais diferentes, ao longo de todo o caminho. Por um lado, tem-se a experiência da hospedagem em um Safari Camp. Por outro, ganha-se tempo ao fazer o pernoite no percurso, possibilitando a visita de mais atrativos. Esses roteiros possuem refeições e passeios incluídos, com poucos passeios opcionais (geralmente sujeitos a condições climáticas).

Para compras, vale a pena prestigiar o artesanato em capim dourado da região!

Deu vontade de visitar esse paraíso? Solicite por aqui ou fale com um de nossos consultores por Whatsapp.

Categorias
Brasil

Resorts – Confira datas de reabertura


Alguns resorts no Brasil divulgaram a data de reabertura. As datas variam de acordo com a região e com a política de cada hotel. Todos os hotéis adotaram medidas de prevenção ao Covid-19.

Temos tido muita procura para alguns deles, principalmente de pessoas que moram próximas e procuram por uma viagem curta e que possam ir com o próprio carro.

Se quiser receber promoções dos resorts e aproveitar as ótimas tarifas que temos, solicite clicando aqui.

Datas de Reabertura

Confira abaixo as datas de reabertura divulgadas pelos resorts e publicada no Portal Panrotas.

Aguativa Golf Resort (em Cornélio Procópio, Paraná): 26/06
Armação Resort (em Porto de Galinhas Ipojuca, Pernambuco): 01/07
Arraial d’Ajuda Eco Resort (Bahia): 01/08
Bourbon Atibaia Convention & Spa Resort (a uma hora da capital paulista, em São Paulo): Aberto
Bourbon Cataratas Convention & Spa Resort (em Foz do Iguaçu, Paraná): Aberto
Cana Brava Resort (Ilhéus, na Bahia):09/07
Casa Grande Hotel Resort & Spa (Guarujá, litoral de São Paulo): 10/07
Catussaba Resort (Salvador, Bahia): Aberto
Costa do Sauípe Parques & Resorts (da Aviva, em Mata de São João, Bahia): 17/07
Costão do Santinho Resort, Golf & Spa (Florianópolis, Santa Catarina): Aberto
Dom Pedro Laguna Beach Resort & Golf (Ceará): Aberto
Grand Palladium Imbassaí Resort & Spa (Bahia): 30/07
Grande Hotel Campos do Jordão (do Senac, em São Paulo): 30/07
Grande Hotel São Pedro (também do Senac, em São Paulo): 30/07
Iberostar Grand Amazon (navio de luxo da rede Iberostar, com saídas de Manaus, no Amazonas): 04/09
Iberostar Praia do Forte & Iberostar Bahia (Bahia): 03/09 e 04/09
Infinity Blue Resort & Spa (Balneário Camboriú, Santa Catarina): 01/07
Itá Thermas Resort e Spa (Santa Catarina): Aberto
Jatiúca Hotel e Resort (Maceió, Alagoas): 17/07
La Torre Resort All Inclusive (Porto Seguro, Bahia): 01/08
Le Canton Hotel Village (Teresópolis, Rio de Janeiro): 30/06
Mabu Thermas Grand Resort (Foz do Iguaçu, Paraná): 01/07
Malai Manso Resort Yacht Convention & Spa (Chapada dos Guimarães, Mato Grosso): Aberto
Mavsa Resort Convention & Spa (Cesário Lange, São Paulo): 26/06
Nannai Resort & Spa Nordeste (Ipojuca, Pernambuco): 17/07
Novotel Itu Golf & Resort (São Paulo): 10/07
Ocean Palace Beach Resort & Bungalows (Natal, Rio Grande do Norte): 01/09
Porto Seguro Praia Resort (Bahia): 01/08
Pratagy Beach All Inclusive Resort (Alagoas): 30/07
Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention (Foz do Iguaçu, Paraná): Aberto
Rio Quente Resorts (Caldas Novas, Goiás): 09/07. O Hot Park abrirá para day users em 7 de agosto
Royal Palm Plaza (Campinas, São Paulo): Aberto
Salinas Maragogi All Inclusive Resort (Alagoas): 01/09
Santa Clara Eco Resort (Dourado, São Paulo): Aberto
Serhs Natal Grand Hotel (Natal, Rio Grande do Norte): 01/08
Serrambi ResortNordeste (Ipojuca, Pernambuco): 10/08
Sofitel Guarujá Jequitimar (Litoral de São Paulo): 01/08
Suites Beach Park (Aquiraz, Ceará): 17/07
Summerville Beach Resort (Ipojuca, Pernambuco): 09/07
Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá (Minas Gerais): 01/08 – outro hotel da rede, em Atibaia, não associados à Resorts Brasil, já está aberto
Tivoli Ecoresort Praia do Forte (Bahia): 01/09
Transamerica Resort Comandatuba (Una, Bahia): 01/08
Vale Suíço Resort (Itapeva, Minas Gerais): Aberto
Vila Angatu Eco Resort (Santa Cruz Cabrália, Bahia): 01/08
Wish Foz do Iguaçu (Paraná): previsto para agosto (outros resorts da rede, o Wish Serrano será reaberto em 9 de julho, em Gramado, e o Wish Natal também em agosto, ambos não associados à Resorts Brasil)

  • Atualizaremos quando novos Resorts divulgarem datas